ÁREAS DE ATUAÇÃO

Terminal Rodoviário de BH passa a receber viagens da Estação José Cândido

7 de março de 2017

A partir de 1º de abril, as empresas de transporte cujos embarque e desembarque são realizados na Estação Rodoviária José Cândido da Silveira (bairro Santa Inês) passarão a atender no Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip), localizado no Centro de Belo Horizonte.

A utilização da Estação José Cândido, que pertence à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), foi uma alternativa temporária adotada em 2012 pelo até então administrador da Rodoviária, o Município de Belo Horizonte. Na época, o objetivo era aguardar a construção do novo Terminal, também de responsabilidade do município.

Em março de 2016, o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), passou a administrar tanto a Estação José Cândido, quanto o Tergip.

O caráter provisório e as condições da Estação José Cândido, objeto de constantes reclamações por parte dos usuários, foram os principais pontos de atenção. Por se tratar de um imóvel da União, a Codemig está impedida de realizar investimentos no local em prol de melhorias. Atualmente, na Estação ocorrem 63 embarques e desembarques diários. Os destinos são Norte e Nordeste do país, Espírito Santo, Belém, Brasília, Campos dos Goytacazes (RJ) e São João da Barra (RJ). O fluxo diário no local é de cerca de 1.400 pessoas, em média, sendo que, em feriados, o número pode aumentar em mais de 100%. Hoje o Terminal José Cândido opera com 8% da capacidade de partidas e chegadas do Tergip. São 25 linhas operando no local, com média de 27.000 embarques/mês.

Somam-se a esse cenário um estudo de tráfego realizado nos arredores do Tergip e as obras de melhorias que estão sendo concretizadas na rodoviária central, algumas em fase de execução e outras em licitação, com o foco de atender à população de modo mais eficiente e com maior conforto.

Planejamento de trânsito

O levantamento sobre o fluxo de veículos na região foi realizado a pedido do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Codemig, com o objetivo de evitar travamentos e retenções de trânsito no local, com a volta das linhas de ônibus da José Cândido para o Tergip.

Nesse sentido, as linhas com destino aos Estados do Norte e Nordeste, Espírito Santo, a Brasília e aos municípios de Campos dos Goitacazes e São João da Barra (RJ), que terão suas partidas e chegadas transferidas do Terminal José Cândido para o Tergip, já foram distribuídas nas plataformas de partidas.

De acordo com o planejamento, no dia a dia, o Tergip contará com disponibilidade de vagas nas plataformas para inclusão desses horários, sem prejuízo na operação. Nos dias de maior movimento, as empresas enviarão à gerência de tráfego as solicitações dos horários extras. A partir dessa demanda, será feita a distribuição nas plataformas, de maneira que o usuário tenha um bom serviço. As solicitações de partidas extras serão remanejadas para faixas disponíveis e as saídas acontecerão durante o período da madrugada. Para evitar atrasos nos embarques dos passageiros em períodos de maior movimento, como nos feriados, por exemplo, foi montada uma operação na Av. do Contorno próximo à rodoviária junto com a BHTrans. O objetivo é que os usuários que forem chegando ao Terminal aguardem, em fila, o momento de entrada para realizar o desembarque. Tendo em vista que cada feriado tem uma característica diferente, o planejamento é, que após receber as solicitações da demanda de horários extras, seja implantada a operação que implicará o controle do número de partidas, o reforço de funcionários nas plataformas e nos pátios de estocagem, a triagem nas escadas, a solicitação de apoio da BHTrans, da Guarda Municipal, do Juizado da Infância e Juventude, da ANTT e do DEER.

Estrutura do Tergip

Inaugurado em 1971, o Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip) é responsável pelo transporte de aproximadamente 10 milhões de passageiros por ano. Além de sua atividade principal, o embarque e desembarque de passageiros, o Tergip também oferece diversos serviços à população, como alimentação, bancos, correios e lotéricas. A estrutura, de mais de 45 mil m², movimenta, diariamente, média de 40 mil pessoas.

Desde 1º de março de 2016, o Tergip é gerido pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), que, mediante convênio com o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), passou a ser responsável pela administração das atividades e instalações do Terminal, visando estimular o turismo no Estado. Comprometida com as diretrizes do Governo estadual em prol dos mineiros, a nova gestão tem trabalhado para oferecer segurança, conforto e bem-estar a seus usuários.

Nesse intuito, estão sendo realizadas várias mudanças no local, entre elas a licitação para concessão de uso dos banheiros, a instalação de novos bebedouros, a revitalização do piso do mezanino e do hall de entrada, a substituição das longarinas, entre outros projetos que estão sendo executados e licitados.  

A volta do atendimento realizado pelo Tergip gera maior conforto e comodidade aos usuários, que terão melhor estrutura, mais facilidade operacional por parte das empresas de transporte, facilidade de acesso à região central, melhoria no atendimento àqueles que viajam longas distâncias.