ÁREAS DE ATUAÇÃO

Operação Semana Santa 2017 – Rodoviária registra movimento inferior ao de 2016 e 2015

17 de abril de 2017

Entre os dias 12/4 e 17/4, o Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro (Tergip) registrou queda no movimento de passageiros em comparação aos anos de 2016 e 2015. Os dados apresentados mostram que a transferência das viagens antes realizadas na Estação José Cândido da Silveira para a rodoviária central não afetou o número de embarques e desembarques.

Em 2017, foram realizados, até a manhã desta segunda-feira, 17/4, 81.790 embarques, número 16% menor que o registrado em 2016 (97.694 embarques) e 27% menor que em 2015 (111.663 embarques). Desde a quarta-feira, 12/4, ocorreram 3.683 partidas. Em 2016, esse número foi de 3.672. Em 2015, registraram-se 3.966 partidas, 7% maior que neste ano.

Em relação às chegadas de ônibus e aos desembarques de passageiros, o percentual também é menor que o apresentado nos dois anos anteriores. Foram registradas 3.696 chegadas, quantidade 7% menor que em 2016 (3.996 chegadas) e 12% menor que em 2015 (4.219 chegadas). Quanto aos desembarques, foram realizados 74.664 em 2017, 9% a menos que o registrado em 2016 (82.270 desembarques) e 18% menor que em 2015 (91.561). 

O feriado da Semana Santa teve como principais destinos Rio de Janeiro, São Paulo, Guarapari e cidades do interior de Minas como Ipatinga, Conselheiro Lafaiete, Itabira, Lagoa Santa, Governador Valadares, Montes Claros e Juiz de Fora.

Desde 1º de abril, o Tergip centraliza os embarques e desembarques em Belo Horizonte, com o objetivo de gerar mais conforto e comodidade aos usuários. As viagens realizadas na Estação José Cândido (Norte e Nordeste do país, Espírito Santo, Belém, Brasília, Campos dos Goytacazes – RJ e São João da Barra – RJ) correspondiam a 8% da capacidade total do Tergip, com partidas à noite, a partir das 22h, e durante a madrugada. Agora no Tergip, os horários foram mantidos, fora dos períodos de pico do trânsito na capital.

O tráfego externo à rodoviária é responsabilidade da BHTrans.