ÁREAS DE ATUAÇÃO

Novo edital de incentivo à gastronomia lançado pela Codemig e pela Setur recebe propostas até 17/10

22 de setembro de 2016

Iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais potencializa a cadeia produtiva gastronômica e vem com novidades em prol da regionalização do desenvolvimento

Estão abertas as inscrições para o Edital de Incentivo à Gastronomia 2016, lançado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur). A iniciativa destina R$ 1,5 milhão à valorização da gastronomia no Estado, por meio do apoio a eventos nos cinco territórios gastronômicos mineiros — Cerrado, Central, Espinhaço, Mantiqueira e Rios. Clique aqui para ler o Edital de Incentivo à Gastronomia 2016 na íntegra, baixar os formulários e ter acesso a outras informações do processo.

O edital propõe apoio a projetos em três categorias: Festivais Gastronômicos (voltada para eventos que já realizaram pelo menos uma edição nos últimos três anos), Food Truck nos Circuitos Turísticos de Minas Gerais (para eventos que reúnam pelo menos oito food trucks) e Novos Eventos, que pretende estimular a criação de novos festivais e iniciativas pelo Estado. Interessados devem enviar suas propostas até o dia 17 de outubro de 2016.

Para o secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Ricardo Faria, o turismo e a gastronomia caminham lado a lado. “Nosso foco é que esse forte elemento cultural (gastronomia) se torne uma experiência inigualável para os turistas, fazendo com que a identidade do povo mineiro seja conhecida e reconhecida mundialmente”, salienta.

 

Estratégia de desenvolvimento

 O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Codemig, está investindo de modo pioneiro na gastronomia do Estado, setor estratégico na geração de emprego e renda para a economia mineira. O edital vai potencializar a cadeia produtiva gastronômica em Minas Gerais e movimentar o fluxo turístico regional e nacional, reforçando o posicionamento do Estado como um destino turístico gastronômico de referência no País.

“Considerada como cartão postal do Estado, a gastronomia mineira faz parte da nossa história e da nossa cultura. Dessa forma, o trabalho da Setur está pautado na promoção da gastronomia mineira enquanto produto turístico, promotor de destino e fator gerador de renda”, destaca o secretário Ricardo Faria.

Com a primeira edição do edital, lançada em agosto de 2015, a Codemig investiu R$ 1,5 milhão no setor. Foram recebidas 72 inscrições, e selecionados projetos de eventos gastronômicos em 11 municípios mineiros (Belo Horizonte, Brumadinho, Diamantina, Divinópolis, Igarapé, Itabira, Juiz de Fora, Lambari, Nova Lima, São Gonçalo do Rio das Pedras e São João del-Rei). O objetivo, neste ano, é dobrar o número de contemplados e distribuir os recursos em cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento do Estado.

“Após o sucesso da seleção de 2015, teremos duas novidades para a edição 2016: a criação da categoria Novos Eventos e a ampliação da categoria Food Trucks, antes válida somente para municípios da Estrada Real, e agora para todos os 45 Circuitos Turísticos do Estado. As duas mudanças vão abrir possibilidades para as cidades e regiões que ainda não têm eventos gastronômicos consolidados”, explica a diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Machado.

 

Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes

O lançamento do Edital de Incentivo à Gastronomia da Codemig foi anunciado na última sexta-feira (26/8), no Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, um dos eventos gastronômicos mais importantes do País. Na sua 19ª edição, o evento vai mobilizar mais de 350 profissionais de gastronomia e deve atrair para Tiradentes cerca de 40 mil pessoas de todo o Brasil, entre os dias 26 de agosto e 4 de setembro.

Em 2016, o Governo do Estado de Minas Gerais está presente no festival com o espaço Minas de Todas as Artes. Uma parceria entre a Codemig, a Secretaria de Estado de Turismo, o Sebrae-MG e o Senac-MG, o local permite ao visitante conhecer, de maneira interativa, as etapas da cadeia produtiva da gastronomia. Percorrendo os espaços Origem Minas, Cozinha ao Vivo, Espaço Interativo, Espaço Aulas e Cápsula dos Sentidos, o público pode apreciar os elementos que fazem um bom prato antes que ele chegue à mesa: os produtos in natura, os modos de fazer tradicionais e as técnicas dos chefs, por exemplo.

Outras informações sobre o Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes estão disponíveis no site www.farturagastronomia.com.br.

Minas de Todas as Artes

O fomento da Codemig à gastronomia integra o Minas de Todas as Artes – Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa, lançado em agosto de 2015. A iniciativa inédita e estratégica busca fomentar o desenvolvimento de novos negócios que gerem empregos, renda e riquezas para o Estado. Até o fim de 2018, serão investidos mais de R$ 20 milhões em editais de fomento e fortalecimento, com iniciativas de valorização de setores como gastronomia, audiovisual, design, moda, música e novas mídias.
A Indústria Criativa constitui a cadeia produtiva composta pelos ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam criatividade e capital intelectual como insumos primários. Estima-se que haja mais de 250 mil empresas no Brasil na área da Indústria Criativa. Acompanhe as iniciativas do programa Minas de Todas as Artes no Facebook (www.facebook.com.br/minasdetodasasartes), no Instagram (@minasdetodasasartes) e no site da Codemig.