ÁREAS DE ATUAÇÃO

Governo de Minas Gerais e Codemge promovem seminário sobre negócios

12 de junho de 2018

Especialistas irão discutir caminhos para a economia do Estado em evento aberto ao público, no formato do programa “Voz Ativa”, da Rede Minas

O Governo de Minas Gerais e a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), em parceria com a Rede Minas, promovem o seminário Voz Ativa, com o tema “Cenário para negócios em Minas Gerais”. O evento, aberto ao público, irá reunir especialistas em economia e mercado para apontar caminhos para o desenvolvimento do Estado. O seminário será realizado nesta quinta-feira, 14 de junho, na Pousada Pequena Tiradentes, na cidade de Tiradentes, às 19h30.

O evento seguirá o formato do programa “Voz Ativa”, exibido pela Rede Minas e dedicado a debates democráticos e profundos sobre temas da realidade brasileira. Serão discutidas questões da conjuntura econômica nacional e estadual, desafios e soluções para o desenvolvimento de negócios e a contribuição das políticas públicas para o desenvolvimento de Minas Gerais.

Já são presenças confirmadas para o debate:

Marco Antônio Castello Branco – Presidente da Codemge e da Codemig. Engenheiro Metalurgista pela UFMG e Doutor em Engenharia Metalúrgica pela Technische Univertität Clausthal (Alemanha).

Raul Velloso – Economista, colunista dos jornais O Estado de São Paulo, O Globo, Correio Braziliense e Estado de Minas. Bacharel pela UERJ, mestre pela FGV e Ph.D. pela Yale University.

Jorge Alexandre Barbosa Neves – Professor de sociologia da UFMG, pesquisador do CNPq e colunista do jornal Hoje em Dia. É Ph.D. pela Universidade de Wisconsin-Madison/EUA.

A Codemge

Em consonância com as diretrizes do Governo estadual, a Codemge pauta suas ações, de forma arrojada e moderna, em três grandes eixos estratégicos: Mineração, Energia e Infraestrutura; Indústria Criativa; e Indústria de Alta Tecnologia. A Empresa investe em vários segmentos, como terras-raras, levantamento geológico e geofísico, águas minerais, materiais estratégicos e energia, aeroespacial e defesa, biotecnologia, Internet das Coisas, telecomunicações, distritos industriais, turismo de lazer e negócios, moda, gastronomia, audiovisual, música e artes. Sua múltipla atuação está cada vez mais voltada para que riquezas gerem novas oportunidades de investimentos, aumentem a competitividade e propiciem bons negócios para o setor produtivo mineiro.