ÁREAS DE ATUAÇÃO

Revitalização e Modernização

Distritos Industriais: a nova força da indústria mineira

Em maio de 2015, a Codemig lançou, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG), o Programa de Revitalização e Modernização de Distritos Industriais. O plano, inédito e estratégico, visa a alavancar o desenvolvimento industrial em Minas Gerais, tornando o Estado cada vez mais atrativo e dotado de melhores condições de competitividade para a indústria.

Os principais objetivos estratégicos da iniciativa são organizar a infraestrutura de ponta, aumentar a atratividade do distrito em relação ao mercado e promover a visão sistêmica do desenvolvimento e da competitividade industrial, bem como estruturar um ambiente de cooperação. O plano identificará, entre os 53 distritos industriais (DIs) da Codemig, quais são os espaços prioritários, que receberão as primeiras ações de revitalização e modernização.

Com exceção do Distrito Industrial Juventino Dias, em Contagem, escolhido como projeto piloto mediante sua complexidade e por ter sido o primeiro Distrito Industrial do País, implantado em 1941, os outros 12 Distritos Industriais (DIs) a serem revitalizados foram definidos, com base nas informações levantadas pelo mapeamento dos 53 DIs e na avaliação socioeconômica dos municípios e das cadeias produtivas atendidas pelos Distritos Industriais. 

Etapas do Programa

As primeiras duas etapas englobam todos os 53 DIs da Codemig. Todos os municípios que terão seus DIs estudados nessas fases receberão um relatório com as informações levantadas. A terceira etapa envolverá a análise dos distritos selecionados como prioritários.

A quarta fase compreenderá a proposição do Plano Diretor de Revitalização dos distritos selecionados. Por fim, o quinto momento consistirá na execução desse planejamento, abarcando itens como qualificação de fornecedores, serviços de apoio à indústria, desenvolvimento das cadeias produtivas, infraestrutura, segurança, meio ambiente e atração de investimentos.



Voltar